Dia 29 de novembro, vulgo amanhã. É quando a nova geração do Ford Fiesta será revelada na Alemanha. E o que devemos esperar do novo compacto, que chega às lojas em 2017? Bem, segundo Jim Farley, presidente da Ford na Europa, "o novo Fiesta será a nossa melhor expressão de Ford – divertido, com uma tocada esportiva e com uma personalidade fiel ao espírito do icônico carro compacto que tem encantado gerações de clientes nos últimos 40 anos".

A sétima geração do modelo continuará a ser feita na atual plataforma B, que foi modificada para incorporar melhorias em segurança, dirigibilidade e espaço. Além de crescer alguns centímetros, o modelo ganhará um interior mais refinado e um belo upgrade no pacote de tecnolgia, incluindo novos sistemas de segurança e a nova geração do sistema de conectividade Sync 3. Quando aos motores, o 1.0 Ecoboost deve continuar no cardápio do hatch, além de versões a diesel.

Essas mudanças também deverão chegar à nova geração do Fiesta nacional, que deverá chegar por aqui apenas em meados de 2018. Por fora, o compacto brasileiro não deverá ser muito diferente do irmão europeu. No entanto, haverá diferenças, sim, especialmente no tamanho. Isso porque na Europa e nos Estados Unidos o Fiesta pode continuar a ser vendido como um compacto esportivo e menor, enquanto em lugares como o Brasil e Índia, onde ele precisa ser um carro mais versátil e até com apelo familiar. Por isso, pode esperar por um Fiestão.

 

SHARE

LEAVE A REPLY